T1 suspende seus streams devido a ataques DDoS: detalhes completos

A famosa equipe T1 de League of Legends vem enfrentando ataques DDoS há vários meses, forçando os jogadores a mudar completamente a forma como treinam e cancelando suas transmissões de streaming. Agora, T1 chegou ao ponto de convocar diretamente a Riot e exigir ação.

Ataques DDoS interrompem fluxos T1

Este anúncio vem com a notícia de que a T1 é forçada a cancelar suas transmissões de League of Legends. Faker começou a transmitir novamente pela primeira vez desde que retornou do MSI e foi imediatamente atingido por desconexões e problemas de conexão devido a ataques DDoS.

“É com profunda frustração que devemos anunciar a suspensão indefinida das transmissões dos nossos jogadores devido aos ataques DDoS em curso”, disse T1 em comunicado.

Por quase seis meses, esses ataques persistiram, e esperávamos que a Riot Korea e a Riot Games encontrassem uma solução de longo prazo para permitir que nossos jogadores e equipes afetadas retornassem aos horários normais de treinamento. Infelizmente, isso ainda não aconteceu.

T1 reconheceu os esforços da Riot para implementar contramedidas contra ataques DDoS em sua sede, mas isso só funcionou para os jogadores que jogavam em sua sede.

Jogadores T1 afetados por ataques DDoS

“O problema mudou, com contas de jogadores jogando ao lado de nossa equipe agora sendo alvo, interrompendo nossas sessões de transmissão ao vivo do SoloQ. Esta situação obriga-nos a pausar as nossas transmissões, o que tem implicações financeiras significativas para a nossa organização.

Dada a popularidade dos jogadores do T1 (e o alto custo para mantê-los no time), não poder colocá-los diante da torcida é frustrante para a organização.

Além disso, isso faz com que os jogadores que estão simplesmente tentando praticar o tail solo sejam afetados apenas por estarem em partidas com ou contra jogadores do T1.

Expectativas para a Riot resolver os ataques

“A principal preocupação é que a Riot Korea e a Riot Games cumpram as suas responsabilidades e parem estes ataques. O problema está além do controle do T1 ou do nosso grupo de proprietários.

T1 esclarece que a LCK não é responsável por esses problemas e que a responsabilidade é da Riot. Eles também estão pedindo aos fãs do T1 que não tomem medidas contra a Riot devido ao drama, dizendo que a declaração foi feita simplesmente para informar os fãs sobre o que está acontecendo internamente.

É importante ressaltar que esses problemas resultam apenas de uma vulnerabilidade no cliente da liga sul-coreana e que outros times de outras regiões não são afetados.

A Riot permaneceu calada sobre o assunto, pois não quer informar os atacantes sobre as contramedidas que estão tomando contra eles. E embora o problema persista, não é tão ruim como quando a LCK teve que ser totalmente adiada devido a ataques DDoS que impediram a temporada regular de acontecer.

Fonte: www.bing.com