Sony remove a etiqueta 8K das caixas do PlayStation 5

A última atualização das caixas do PlayStation 5 da Sony parece ter passado despercebida por muitos. Na verdade, o rótulo 8K desapareceu da embalagem do console, que o destacava desde o seu lançamento. A partir de agora, as novas caixas do PS5 mencionam apenas resolução 4K/120 fps e HDR, sem mencionar a capacidade da máquina de gerenciar 8K.

Uma decepção para os entusiastas de alta resolução

Esta decisão foi notada por John Linneman, da Digital Foundry, que partilhou esta informação nas redes sociais. Este desaparecimento da indicação 8K nas caixas do PS5 pode surpreender alguns, principalmente os fãs de alta resolução. Porém, é verdade que a ausência de conteúdo compatível com 8K nos videogames, salvo algumas exceções como The Touryst, tornou essa menção um pouco supérflua.

Na verdade, desde o lançamento do PlayStation 5 em 2020, os títulos 8K tornaram-se raros. Além disso, as TVs 8K ainda não estão amplamente disponíveis, o que as torna uma prioridade menor para os fabricantes de consoles.

Uma tendência compartilhada pela Microsoft

É interessante notar que a Sony não foi a única a destacar a compatibilidade 8K do seu console em 2020. Na verdade, a Microsoft também havia destacado o suporte a esta resolução para o Xbox Series X. No entanto, Phil Spencer, chefe da marca Xbox, enfatizou que 8K era uma tecnologia “aspiracional” e que ainda estávamos “longe de ver o 8K padrão em videogames”.

Os melhores jogos PS5

Enquanto aguardam uma potencial evolução para 8K, os jogadores ainda podem desfrutar dos melhores jogos de PlayStation 5 do momento. IGN oferece uma lista dos 25 jogos obrigatórios no PS5, atualizada regularmente para incluir as últimas novidades do catálogo do console.

Para obter mais informações sobre a capacidade do PS5 de exibir em 8K, confira nossa análise detalhada sobre o que isso realmente significaria para os videogames. Para qualquer informação ou sugestão de artigos, não hesite em nos contactar através do seguinte endereço: newstips@ign.com.

Fonte: www.ign.com