Tavern Talk: uma aventura fantástica entre romance visual e mixologia

Fazemos parte da elite de jornalistas especializados em videogames. Hoje vamos falar sobre Tavern Talk, um jogo que mistura habilmente o gênero visual novel com o mundo das bebidas interativas, tudo com um toque de role-playing bem equilibrado. Disponível como demo durante o Next Fest, este jogo promete uma experiência rica em nuances e surpresas.

Tavern Talk: uma mistura sutil de histórias de fantasia e mixologia

Em Tavern Talk, você joga como um dono de taverna invisível em primeira pessoa, encarregado de servir bebidas a uma clientela do mundo da alta fantasia. Um dos pontos fortes deste jogo reside na variedade de receitas a preparar, todas ligadas às estatísticas clássicas dos RPG: Destreza, Inteligência, Defesa, Força e Carisma. Ingredientes especiais também complementam essas receitas, proporcionando efeitos adicionais como Aceleração ou Inspiração.

Durante a demo do Next Fest, você terá que executar comandos relativamente simples para personagens como Fable, um elfo ansioso, ou Caerlin, um temível lobisomem. Cada receita consiste em cinco partes para misturar na sua mesa de preparo, exigindo precisão e manipulação, mantendo-se fiel ao mundo fantástico da taberna.

Missões para inventar e desfrutar

É durante os pedidos subsequentes que o Tavern Talk revela todo o seu potencial. Como gestor, você poderá influenciar diretamente o andamento das missões de cada personagem, criando bebidas adaptadas às suas necessidades. Ao coletar informações durante suas trocas e discussões, você poderá criar missões personalizadas para seus frequentadores, abrindo assim um novo caminho para a história do jogo.

Cada decisão conta e as consequências das suas ações são claramente destacadas no jogo, proporcionando uma experiência envolvente e interativa. Os personagens coloridos de Tavern Talk, desde o ansioso bardo élfico até o vampiro invisível em busca de uma capa, oferecem uma galeria variada e intrigante para explorar através de missões e degustações.

Fonte: www.eurogamer.net