Ubisoft pede desculpas pelo uso indevido do logotipo histórico em Assassin’s Creed Shadows

Oferecemos a você um artigo sobre Assassin’s Creed Shadows, o próximo jogo da Ubisoft ambientado no Japão feudal.

Ubisoft pede desculpas pelo uso não autorizado do logotipo

A Ubisoft, desenvolvedora de Assassin’s Creed Shadows, admitiu incluir o logotipo de um grupo de reconstituição histórica na arte de seu próximo jogo ambientado no Japão feudal e pediu desculpas pelo uso não autorizado.

Reação do grupo de reação

Os fãs viram a bandeira do grupo de reconstituição de infantaria Sekigahara Teppo-tai na arte conceitual do site da Ubisoft e relataram o problema ao próprio grupo. Escrevendo nas redes sociais, o chefe do grupo de reconstituição disse que entrou em contato com a Ubisoft no mês passado sobre o assunto.

Intervenção da Ubisoft Japão

A Ubisoft Japan postou posteriormente para indicar que havia identificado dois usos do logotipo Sekigahara Teppo-tai na arte conceitual, com pelo menos um deles aparecendo no livro de arte incluído na Edição de Colecionador do jogo.

Pedido de desculpas da Ubisoft

“A arte em questão não será usada ou distribuída após esta data, exceto pela sua presença no livro de arte da Edição de Colecionador”, escreveu a Ubisoft. “Pedimos desculpas profundamente por este assunto. »

Não há indicação de que o logotipo ainda estará presente no próprio Shadows quando o jogo for lançado em novembro.

A Ubisoft apresentou seu tão aguardado jogo Assassin’s Creed ambientado no Japão no mês passado, com forte resposta do público e relatos de números positivos de pré-encomendas para a editora. No entanto, os desenvolvedores do jogo também enfrentaram abusos online, agravados por um tweet do proprietário do X, Elon Musk, sobre o personagem Yasuke, um samurai negro, figura histórica da época.

Fonte: www.eurogamer.net