Xbox fecha estúdios: detalhes desta decisão surpreendente

A presidente do Xbox, Sarah Bond, respondeu a perguntas sobre a decisão da Microsoft de fechar vários estúdios esta semana, insistindo que era para garantir a saúde a longo prazo dos negócios do Xbox durante este período que ela chamou de “este momento de transição”.

Estúdios Xbox e ZeniMax

A Microsoft chocou o mundo dos videogames ao anunciar o fechamento da Arkane Austin, desenvolvedora de Redfall e Prey, Hi-Fi Rush e Tango Gameworks, além de outros estúdios de propriedade da Bethesda, dona da ZeniMax. Desde a aquisição da ZeniMax Media em 2021 por US$ 7,5 bilhões, a Microsoft continuou seu impulso ao adquirir a Activision Blizzard, criadora de Call of Duty, por US$ 69 bilhões.

Reações e justificativas da Microsoft

Uma reorganização de títulos e recursos foi citada como justificativa por Matt Booty, chefe do Xbox Game Studios, para explicar esses cortes significativos. Essas decisões difíceis têm como objetivo liberar recursos para investir mais em outras partes do portfólio da Microsoft e focar em jogos prioritários.

As respostas de Sarah Bond

Numa entrevista a Dina Bass da Bloomberg Tech em São Francisco, Sarah Bond destacou a necessidade de atrair novos jogadores e tornar os jogos mais acessíveis, ao mesmo tempo que gere os custos crescentes e o tempo necessário para criar jogos. O foco está na transição pela qual a indústria está passando atualmente.

O fechamento dos estúdios ZeniMax

Bond enfatizou a responsabilidade da Microsoft em garantir que o Xbox sobreviva durante esta transição, apesar das críticas e preocupações expressas pela comunidade de jogos. Ao focar em uma variedade de jogos de diferentes tamanhos, a Microsoft mantém seu compromisso com a Bethesda e com os jogos que ela oferece.

A decisão de fechar o ZeniMax Studios levantou questões sobre a saúde geral dos negócios do Xbox e da indústria de jogos em geral. A Microsoft deve responder às questões financeiras e de crescimento, ao mesmo tempo que enfrenta desafios internos após a aquisição da Activision Blizzard.

Fonte: www.ign.com